Plano Nacional das Artes: Apresentação pública

Plano Nacional das Artes: Apresentação pública

O Plano Nacional das Artes (PNA) apresenta a sua estratégia para o período de 2019-2024 no dia 18 de junho, às 11h00, nos Estúdios Victor Córdon, em Lisboa, numa cerimónia que contará com a presença da Ministra da Cultura e do Ministro da Educação.

Desenvolvido pelas áreas governativas da Cultura e da Educação, o PNA tem como objetivo tornar as artes mais acessíveis aos cidadãos, em particular às crianças e aos jovens, através da comunidade educativa, promovendo a participação, fruição e criação cultural, numa lógica de inclusão e aprendizagem ao longo da vida. Pretende incentivar o compromisso cultural das comunidades e organizações e desenvolver redes de colaboração e parcerias com entidades públicas e privadas, designadamente, trabalhando em articulação com os planos, programas e redes pré-existentes. 

A estratégia do Plano Nacional das Artes será apresentada por Paulo Pires do Vale, comissário da estrutura de missão criada pelas áreas da Cultura e da Educação para elaborar o plano. A comissão executiva, que entrou em funções a 1 de março, é ainda constituída por Sara Brighenti e Nuno Pólvora, e apoiada por uma comissão científica, presidida por Maria de Assis e que integra a Rede Portuguesa de Museus, a Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Leitura, o Plano Nacional de Cinema e o Programa de Educação Estética e Artística da Direção-Geral da Educação.

 

Resolução do Conselho de Ministros n.º 42/2019, de 21 de fevereiro: Aprova as linhas orientadoras para o Plano Nacional das Artes.

Despacho n.º 4485/2019, de 2 de maio: Designa para exercer o cargo de presidente da comissão científica do Plano Nacional das Artes a licenciada Maria de Assis