27 de janeiro – Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

27 de janeiro – Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Passados 76 anos da libertação do campo de concentração e de extermínio de Auschwitz-Birkenau, o mundo comemora o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

A Direção-Geral da Educação associa-se a esta evocação através da divulgação da exposição Além do Dever - Diplomatas Justos Entre as Nações porque é importante ensinar aos jovens o que foi o Holocausto, para prevenir o genocídio e todas as formas de discriminação.

Esta exposição, que se divulga em formato PDF, acompanhada de sugestão de exploração, foi cedida pela Embaixada de Israel e conta com a curadoria do Yad Vashem. Reconhece aqueles que se dedicaram a salvar a vida de milhares de judeus que fugiam à perseguição Nazi, colocando em risco a sua carreira diplomática e vida pessoal e em alguns casos a própria vida. Salientamos, entre os Justos homenageados pelo Yad Vashem, os diplomatas portugueses Aristides de Sousa Mendes e Carlos Sampaio Garrido. 

Aceda aqui ao conjunto expositivo e à respetiva sugestão de exploração

De forma a incentivar o Ensino do Holocausto, recomendamos outro recurso educativo, que fornece aos professores e todos os educadores orientações didáticas e pedagógicas para a abordagem do tema, de acordo com os princípios e visão da International Holocaust Remembrance Alliance (IHRA), da qual Portugal é país membro. Trata-se da publicação Recomendações para o Ensino e Aprendizagem sobre o Holocausto

No âmbito da IHRA, divulgam-se outras iniciativas:

• Lançamento da publicação da IHRA: “Recognizing and Countering Holocaust Distortion: Recommendations for Policy and Decision Makers
• Cerimónia Memorial do Holocausto e Painel de Discussão.
• A cerimónia em memória das vítimas do Holocausto, mandatada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, é organizada pelas Nações Unidas e pela UNESCO, em cooperação com o IHRA. Os palestrantes incluirão a chanceler alemã Angela Merkel, o Secretário-Geral António Guterres e a Diretora-Geral Audrey Azoulay. A cerimónia será seguida por um painel de discussão sobre distorção do Holocausto, moderada pela jornalista Hala Gorani e transmitido pela CNN, UN Web TV, UNESCO e na página da IHRA no Facebook.

Divulgam-se ainda outras iniciativas, em várias instituições, que se integram no âmbito do Programa Nunca Esquecer, que tem como missão fomentar a memória do Holocausto, promover a prevenção e o combate a todas as formas de discriminação. Estas iniciativas poderão ser acompanhadas online