The teaching of regional or minority languages in schools in Europe

The teaching of regional or minority languages in schools in Europe

O ensino de línguas regionais ou minoritárias nas escolas da Europa

A União Europeia tem 24 línguas oficiais e 3 alfabetos. Mas sabia que na Europa, as autoridades educativas promovem cerca de 60 línguas regionais ou minoritárias? Que línguas são essas e quais são os países que as promovem?

A publicação “The teaching of regional or minority languages in schools in Europe”, da responsabilidade da Eurydice, fornece uma visão geral dos esforços políticos atuais e das medidas existentes nos diferentes sistemas educacionais europeus que apoiam o ensino de idiomas regionais ou minoritários nas escolas. Igualmente apresenta as referências feitas a estas línguas pelas autoridades educacionais de nível superior em documentos oficiais, concluindo com uma visão geral de alguns dos projetos e iniciativas financiadas pela UE que sustentam o ensino de línguas regionais ou minoritárias nas escolas da Europa.

Este relatório produzido no âmbito da segunda edição da Cimeira Europeia da Educação foi apresentado durante um workshop intitulado “A importância das línguas regionais e minoritárias na Europa: por que razão pertencem à sala de aula e não aos museus”, que decorreu em Bruxelas. Para Tibor Navracsics, Comissário Europeu da Educação, Formação, Cultura e Juventude, as competências linguísticas estão no centro da ambiciosa meta da Educação Europeia que é ter a capacidade de falar e entender diferentes línguas, para estudar e trabalhar em diferentes países europeus. Esta aprendizagem torna ainda possível a descoberta de diferentes culturas e amplia horizontes. Desta forma sai reforçada a ideia de que um dos pilares do Projeto Europeu é a coexistência harmoniosa das diversas línguas faladas na Europa.

Para assistir à sessão da Cimeira Europeia da Educação, deve consultar o site oficial

Consulte o relatório “The teaching of regional or minority languages in schools in Europe